Pesquisa  

   

Provas finais e exames nacionais 2021  

   

Estabelecimentos Escolares do AEF  

   

Comunicação  

   

Serviços  

   

Centro Qualifica  

   

Museu do AEF visita agora  

   
1.png3.png4.png9.png4.png8.png9.png
Today333
Yesterday392
This week1201
This month3316
Total1349489


   

Folheto Informativo  

   

Contactos  

   
  • Nota Introdutória
  • Ser Solidário
  • Voluntariado
  • Desporto Escolar
  • Promoção e educação para a saúde
  • UBBU-Programação no 1º Ciclo e 2º ciclo
  • À descoberta das 4 cidades
  • Parlamento dos Jovens
  • Pontes
  • SOBE
  • Erasmus + KA229 (2020-2022)
  • Escola Amiga dos Direitos Humanos
  • Mentes Empreendedoras
  • Inspira o Teu Professor
  • Projeto ATUA!
  • Erasmus + KA227-00ACAA69-EN
  • Projeto Cervantes 06
  • Projeto NEO
  • Projeto Oficina De Língua E Cultura Espanhola
  • Projeto Sou como Sou
  • Projeto CES4KIDS — Mobilidades
  • Projeto/Concurso Prémio FAQtos
  • Projetos da Agenda 21 Escolar
  • Projeto Pro Help
  • Projeto Cientista Regressa À Escola
  • Concurso de Fotografia
  • Projeto Depositrão
  • “Conta-me uma História”

  

Os projetos e clubes dão um importante contributo para se atingirem os objetivos consagrados no projeto educativo. Anualmente, a oferta e a participação são reveladoras do dinamismo do Agrupamento, do envolvimento da comunidade educativa, do empenho e dedicação de professores e alunos e demais colaboradores. A diversidade de projetos e clubes denota a preocupação para o desenvolvimento, nos alunos do AEF (centro de toda a atividade educativa), de competências básicas exigidas pela sociedade atual e consequentemente para a promoção do sucesso educativo e a manutenção de níveis residuais do abandono escolar. A cultura de mudança subjacente a esta preocupação conta com o contributo das reflexões/avaliações permanentes a diversos níveis, não só do conselho de projetos e clubes, mas também, a um nível mais abrangente, da direção, do conselho pedagógico, dos departamentos, dos conselhos de coordenadores dos DT e da equipa de autoavaliação, permitindo incorporar as mudanças necessárias e a consequente adaptação contínua, assegurando algumas continuidades, reformulando ou implementando novos projetos/clubes. É bem evidente a preocupação na diversificação e oferta de experiências de aprendizagem em espaço formal e não formal, as quais valorizam o percurso formativo não só dos alunos mas de outros agentes educativos, nutrindo potencialidades de desenvolvimento individual (+ Pessoa), que conduzem à valorização coletiva e ao reconhecimento externo (+ Escola; + Fundão). Os projetos e clubes privilegiam o sentido de pertença a uma comunidade, reconhecendo as alterações de ordem social, educativa (escola inclusiva) e económica, desenvolvendo ações abrangentes (vertentes ética, cultural, social, científica, artística, desportiva e tecnológica) destinadas ao público interno e externo e valorizando o envolvimento da comunidade educativa, potenciando, assim, práticas inovadoras e contributos diversificados com resultados que abrangem a organização como um todo. Promovem a articulação de órgãos e serviços, internamente e com o exterior, uma vez que só desta forma é possível o envolvimento de diferentes estruturas, alunos de diferentes turmas e níveis de ensino, EE/pais, docentes de várias áreas, entidades externas e pessoal não docente, em torno de objetivos/ações comuns. Reforçam uma atitude de maior abertura ao exterior pelas inúmeras parcerias estabelecidas e pela organização e participação em eventos de divulgação dos projetos e clubes/atividades desenvolvidas. Evidenciam uma preocupação em incrementar a eficiência, motivando alunos e colaboradores, partilhando recursos, reduzindo custos, utilizando as tecnologias de informação (alguns projetos candidatam-se a financiamento externo, outros articulam ações preocupando-se em estabelecer redes de trabalho internas e com o exterior, solicitam apoios a empresas ou a outras entidades.

 

SER SOLIDÁRIO

Docente responsável: Ana Brioso.

 Solidariedade    Partilha

Resumo do projeto:  Recolha de contributos da comunidade escolar (roupas, material escolar, alimentos, artigos de higiene …) para distribuição aos alunos mais carenciados do Agrupamento e na comunidade concelhia através das entregas à “Loja Social do Fundão”. O projeto apoia, ainda, outras instituições de cariz social promovendo/ divulgando os seus produtos.

Objetivos gerais: Desenvolver competências no âmbito da educação para a solidariedade e voluntariado; Contribuir para a melhoria do bem-estar de alunos carenciados do Agrupamento de Escolas; Contribuir para a melhoria do bem-estar de famílias carenciadas no concelho, através da colaboração com a Loja Social do Fundão; Divulgar os produtos elaborados pelos clientes da APPACDM do Fundão e/ou partilhar recursos; Contribuir para a redução de resíduos.

 

Read More

SERVIÇO DE VOLUNTARIADO SEMANAL NO HOSPITAL DO FUNDÃO

Docente responsável: Conceição Godinho

 Escutar    Interagir

Resume: O grupo de voluntariado conta com alunos e três professores participantes. O projeto consta da visita semanal, em regime de rotatividade, aos doentes internados no Centro Hospitalar Cova da Beira - Hospital do Fundão. O grupo semanal é constituído por quatro elementos: dois alunos voluntários e dois professores. As ações de voluntariado são mantidas ao longo de todo o ano, em período letivo através de professores e alunos; em período não letivo, através dos professores e, eventualmente, alunos que se disponibilizam a participar. A abordagem ao doente inicia-se com a oferta de exemplares do “Jornal do Fundão” cedidos por aquele semanário. A partir dessa primeira abordagem é desenvolvida a interação com cada doente, essencialmente no sentido de atenuar a realidade do internamento hospitalar. Sempre que se concretiza a edição do jornal escolar “Olho Vivo”, os alunos voluntários também distribuem exemplares no sentido de divulgar as atividades realizadas no Agrupamento e promover a articulação com a comunidade. O projeto possui outras áreas de intervenção, nomeadamente: participação em atividades de animação dos espaços hospitalares na época natalícia e de chegada da primavera, intituladas respetivamente, “Natal no Hospital” e “Sentir a Primavera” que têm sido desenvolvidas em colaboração com o Departamento de Expressões. Estas ações têm sido implementadas em colaboração com o Voluntariado da Liga dos Amigos do Centro Hospitalar Cova da Beira; e o envolvimento em atividades solidárias tem sido articulado com o Banco Alimentar da Cova da Beira e a Missão Continente/ Cruz Vermelha Portuguesa.

Objetivos gerais: Favorecer o contacto intergeracional através do interesse e disponibilidade para interagir com os utentes; Valorizar boas práticas de cidadania; promover uma abertura da escola à comunidade.

 

 

 

 

 

 

Read More

DESPORTO ESCOLAR

Docente responsável: José Miranda.

 

Competição    Saúde    Comportamento cívico

Resumo do projeto:   Através do Projeto de Desporto Escolar, o acesso à prática desportiva torna-se num elemento chave na formação integral dos alunos, favorecendo a aquisição de competências de cidadania, hábitos de vida saudável e promoção do sucesso escolar.

As modalidades praticadas no AEF são: basquetebol juvenis masculinos; futsal masculino iniciados; natação (todos os escalões); ginástica rítmica (todos os escalões); futsal juvenis femininos; dança; andebol infantis masculinos.  

PES - Programa de Educação para a Saúde

Docente responsável: Alda Fidalgo.

                                                                              

Resumo do projeto:         

O Agrupamento de Escolas do Fundão foi classificado com o nível III (avançado), no âmbito do galardão Selo Escola Saudável. Esta atribuição é o reconhecimento, por parte da DGE, do trabalho desenvolvido em prol da saúde e do bem-estar da comunidade educativa; das relações interpessoais saudáveis; da participação da comunidade educativa; dos resultados das aprendizagens e da imagem positiva da escola. Continuamos a trabalhar no sentido de termos uma escola cada vez mais saudável, em que a Educação para a Saúde se define como “uma combinação de experiências de aprendizagem que tenham por objetivo ajudar os indivíduos e as comunidades a melhorar a sua saúde, através do aumento dos conhecimentos ou influenciando as suas atitudes”(OMS).

Educar para a Saúde consiste em dotar as crianças e os jovens de conhecimentos, atitudes e valores que os ajudem a fazer opções e a tomar decisões adequadas à sua saúde, ou seja, ao seu bem-estar físico, social e mental. A ausência de informação incapacita ou dificulta a tomada de decisão.

Neste contexto pretende-se que sejam desenvolvidas atividades no âmbito da Alimentação Saudável e Atividade Física, Educação para o Consumo, Saúde Sexual e Reprodutiva, Sexualidades e Prevenção de IST, Prevenção do Consumo de Substâncias Psicoativas, Prevenção da Violência Escolar e do Bullying.

A concretização destas atividades irá ter o apoio de várias entidades parceiras: Centro de Saúde do Fundão; Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias; Curso Profissional Técnico de Auxiliar de Saúde do nosso Agrupamento.

O Gabinete de Apoio ao Aluno conta com elementos da equipa PES, para apoio aos alunos e a outros elementos da comunidade.

No âmbito do Clube de Saúde sempre que haja necessidade de atendimento, ao nível da enfermagem, contamos com o apoio técnico de uma enfermeira da UCC- Centro de Saúde.

Neste gabinete funciona também o apoio prestado pela Terapeuta da Fala do nosso agrupamento, aos alunos que dele necessitam.

 

Objetivos gerais: Contribuir para a promoção e educação para a saúde da população escolar; Desenvolver estilos de vida saudáveis; Prevenir comportamentos de risco; Contribuir para a promoção e educação para a saúde da população escolar; Desenvolver estilos de vida saudáveis; Prevenir comportamentos de risco; Envolver a Comunidade Educativa nas ações de Escola, no âmbito da saúde.

 

 

Read More

UBBU PROGRAMAÇÃO NO 1º CICLO e 2º CICLO (Academia de Código)

Docente responsável: Teresa Félix

 

Programação    Animação     Jogos

Resumo do projeto:         

É um projeto de parceria com a câmara municipal do Fundão (CMF). É um trabalho com alunos, dinamizado por um formador da CMF, coadjuvado pelo professor da turma, durante 60 minutos semanais - no 1º ciclo e 45 minutos semanais - no 2º ciclo.

Dos currículos referem:

Introdução à programação (Nível I)

Através de jogos, vídeos e atividades, os alunos têm um primeiro contacto com a programação. Adquirem noções básicas de programação, identificam computadores, constroem robôs e programam no contexto de pequenos projetos.

Introdução à programação (Nível II)

Os alunos aprofundam e adquirem novos conceitos de programação, através de vídeos e projetos de programação por blocos de histórias, animações e pequenos jogos.

 

Objetivos gerais: Preparar a criança para uma sociedade digital através do ensino das ciências da computação.

À DESCOBERTA DAS 4 CIDADES

Descoberta  Geminação  Água  Parcerias 

 

 

O projeto “À Descoberta das 4 Cidades” é dirigido aos alunos do 1.º ciclo do ensino básico e contribui para dar a conhecer cada concelho a nível geográfico, social, cultural e económico. As “cidades irmãs”, cuja geminação se mantém, volvidos 30 anos (desde 1994), através do projeto educativo “À Descoberta das 4 Cidades”, são o Fundão, Marinha Grande, Montemor-o-Novo e Vila Real de Santo António.

Objetivos gerais: Fomentar o conhecimento sobre as cidades geminadas; promover o intercâmbio entre as escolas envolvidas; participar de forma ativa e criativa nas comemorações do aniversário das quatro cidades; valorizar e enriquecer a formação cívica e científica; contribuir para que as aprendizagens se consolidem; envolver alunos, professores, pais e autarquias.

Coordenadora: Manuela Roque 

Parlamento dos Jovens

Debate  Democracia  Participação cívica  CRP   Política

  

Parlamento dos Jovens - 3º ciclo 

Coordenador: António Amaral/ Conceição Godinho

Parlamento dos Jovens - Secundário 

Coordenador: António Amaral/ Natália Marques

O programa Parlamento dos Jovens, aprovado pela Resolução n.º 42/2006, de 2 de junho, é uma iniciativa da Assembleia da República, dirigida aos jovens dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do ensino secundário, de escolas do ensino público, privado e cooperativo do Continente, das Regiões Autónomas e dos Círculos da Europa e de Fora da Europa. O programa culmina com a realização anual de duas Sessões Nacionais na Assembleia da República: - Uma Sessão destinada aos alunos do 2.º e 3.º ciclo do ensino básico - Parlamento dos Jovens Básico – Fake news: que estratégias para combater a desinformação? - Uma Sessão destinada aos alunos do ensino secundário - Parlamento dos Jovens Secundário – Fake news: o impacto da desinformação na democracia

 

Objetivos gerais:  Promover e valorizar a educação para a cidadania e o interesse dos jovens pelo debate de temas de atualidade; Estimular as capacidades de expressão e argumentação na defesa das ideias, com respeito pelos valores da tolerância e da formação da vontade da maioria; Sublinhar a importância da sua contribuição para a resolução de questões que afetem o seu presente e o futuro individual e coletivo, fazendo ouvir as suas propostas junto dos órgãos do poder político.

 

PONTES

Docente responsável:  José Luís Oliveira

Diversidade    Autonomia

Resumo do projeto:         

Projeto com o apoio da “Associação Luzlinar”, que dinamiza, com alunos do Agrupamento de Escolas do Fundão atividades na área das expressões com o apoio do artista plástico Flávio Delgado.

 

Objetivos gerais: Integrar e desenvolver a autonomia, a diversidade e a singularidade de cada aluno.

 

 

SOBE

Docente responsável: Célia Gil/João Teodósio

 

 Livros e Saúde Oral

 

Resumo: O impacto da cárie dentária no dia‐a-dia da população é subtil, mas penetrante, influenciando a alimentação, o sono, o estudo e os papéis sociais. A sua prevalência e o sinal recorrente com que se manifesta constituem problemas sérios de saúde da população infantil e juvenil, sendo mesmo considerada uma epidemia silenciosa.     

Da colaboração entre a Saúde e a Educação, nasceu um projeto inovador, o projeto Saúde Oral Bibliotecas Escolares (SOBE), que inclui a sobreposição natural entre a Saúde Oral, a Literacia e o universo das Bibliotecas Escolares. O projeto explora materiais e atividades de leitura que promovem aprendizagens, contribuindo para a alteração dos comportamentos ligados à saúde oral.

Objetivos gerais: Subir na qualidade da divulgação da saúde oral; Subir no número de parcerias com as escolas e outras instituições; Subir no grau de perceção da importância que esta área da saúde tem para as famílias e as crianças.

 

 

 

 

 

 

ERASMUS +

Docente responsável: João Teodósio

 

Crise

              Humanidade

                                        Atitude

                                                    

Resumo do projeto:         

O projeto Europeu "The Future We Choose" foi elaborado tendo em conta o facto de as Escolas dos seis países parceiros sentirem a necessidade de encontrar soluções para apoiar os jovens alunos a reconhecer situações de crise e aprender formas de as ultrapassar, bem como compreender quais são os seus direitos como jovens e como cidadãos.

 Objetivos gerais: :Pretende desenvolver competências nos alunos de modo a mostrar uma atitude correta (adaptação e descoberta) de soluções rápidas que permitam ultrapassar situações inesperadas em situações de crise, tais como terremotos, incêndios, inundações, vírus perigosos, ações terroristas e mudanças climáticas, para além de outras situações inesperadas.

 

 

ESCOLA AMIGA DOS DIREITOS HUMANOS

Docente responsável: Catarina Crocker

 

Direitos

              Respeito

                              Socialização

                      

Resumo do projeto:         

O projeto Escolas Amigas dos Direitos Humanos foi desenvolvido no contexto do Programa Mundial para a Educação para os Direitos Humanos, lançado pela ONU em 2004, que enfatizou a integração da educação para os direitos humanos nas escolas primárias e secundárias em todo o mundo. É um projeto global da Amnistia Internacional implementado em escolas em África, América Latina, Ásia e Europa e está a decorrer em Portugal desde 2013, tendo até 2019 apenas 6 escolas participantes.

 Objetivos gerais :Pretende capacitar os jovens e promover a participação ativa de todos os membros da comunidade educativa na integração dos valores e princípios dos direitos humanos nas várias áreas da vida escolar.

 

 

MENTES EMPREENDEDORAS

    Eu Quero! 

                Eu Posso! 

                          Eu Faço! 

 

Os clubes Mentes Empreendedoras desafiam os jovens, a desenvolver as suas competências de liderança, autonomia, talento e superação para construírem uma atitude de cidadãos ativos e com impacto na comunidade. Destina-se aos alunos do ensino secundário, cumprindo um programa de três anos: Anos 1 e 2: 7 workshops presenciais por ano letivo, com acompanhamento pelas mentoras. Ano 3: Formação e cofacilitação dos workshops junto de uma turma do 1.º ano na mesma escola. No AEF, funciona nas turmas TAS20 e TAS, sendo a sua mentora Ana Moreira. 

Objetivos gerais: Promover uma nova atitude juntos dos jovens, mais proativa e resiliente, com reflexos no seu desenvolvimento pessoal. Estimula a resolução de problemas da comunidade, através do desenho e implementação de projetos de intervenção. 

Coordenadora: Luís Gonçalves 

INSPIRA O TEU PROFESSOR

    Professores  -   Inspirar -  Concurso 

 

Ao longo de três workshops, os alunos são sensibilizados para a importância do professor. Desenvolvem iniciativas com mensagens que valorizam e inspiram os professores e que são partilhadas com toda a comunidade. São agentes de inspiração e fazem a diferença com pequenos grandes gestos de agradecimento e reconhecimento. Paralelamente desenvolve-se o Concurso Inspira o Teu Professor, onde os alunos participantes do programa podem concorrer com os projetos inspiradores. No AEF, funciona nas turmas 7ºA, 7ºB e 7º D e 9ºA, 9ºC. 

Objetivos gerais: Reforçar a missão social dos professores, tendo os alunos como dinamizadores da mudança e inspiração. Promove atitudes proativas e de cidadania nos alunos envolvidos.

 

Coordenadora: Gabriela Cruz 

PROJETO ATUA!

Empreendedorismo   

Economia circular    

Desenvolvimento regional

Negócio

 

 

Desenvolvimento regional;

 

Negócio.

O Projeto ATUA! é promovido pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela e destina-se aos alunos do 1.º ciclo e ensino secundário. Este projeto, sendo uma mais-valia para o território, promove a autonomia, criatividade, responsabilidade e atitude para encontrar soluções para os mais diversos problemas da região. Esta iniciativa insere-se no projeto de Combate ao Insucesso Escolar, financiado pela União Europeia ao abrigo do Centro 2020.

Objetivos gerais: Este projeto tem como objetivo específico estimular competências associadas a um perfil empreendedor junto da comunidade escolar e potenciar projetos e ideias de negócio, inovadoras, sustentáveis e com impacto positivo para a Região das Beiras e Serra da Estrela

 

Coordenadora: Maria João Baptista

ERASMUS + “Preventing Early School Leaving through Creativity and Wellbeing of Body and Soul”

Docente responsável: Luís Nunes

 

Boas práticas    Abandono escolar    Saúde física e psicológica

                                                    

Resumo do projeto:         

O projeto apoia o combate ao abandono escolar precoce e promove o sucesso escolar de todos os alunos. Estimula a criatividade através das artes e dá prioridade ao desenvolvimento de competências e inclusão. O abandono escolar precoce é muitas vezes o reflexo de uma sociedade “doente”, que é importante trabalhar junto dos jovens para que sejam cidadãos plenamente integrados e saudáveis. Assim, o objetivo deste projeto é ensinar alunos e professores como criar um ambiente de aprendizagem positivo, sustentar relações significativas, revelando a importância do autocuidado com o corpo e com a mente.

 Objetivos gerais: Partilhar boas práticas entre as escolas envolvidas internacionalmente (Estónia; Alemanha; Portugal; Espanha e Noruega). Prevenir o abandono escolar através da criatividade e do bem-estar físico e mental.

 

 

PROJETO CERVANTES 06

Docente responsável: Ricardo Gaspar

 

Intercâmbios escolares Aprendizagem linguística (Português e Espanhol) e culturalata Internacionalização

Resumo do projeto:         

O projeto tem uma dimensão curricular, onde participam as disciplinas de Português, Espanhol, Filosofia, Geometria Descritiva e uma dimensão extracurricular desenvolvida através de encontros presenciais entre alunos e professores do Agrupamento de Escolas do Fundão e um ou mais Institutos de Educación Secundaria (Obligatoria) espanhóis.

Desenvolve-se pela comunicação à distância, via correio tradicional ou digital; sessões de trabalho/partilhas através de videoconferência. Comparação entre as culturas ibéricas relativamente a aspetos relacionados com as aprendizagens essenciais (partilhas orais e/ou escritas: produção de panfletos e/ou textos para o jornal escolar e/ou trabalhos escritos com apresentação oral em sala de aula, etc.).

Objetivos gerais: Pretende-se a agilização e promoção de experiências linguísticas, histórico-filosóficas, arquitetónicas, estéticas e culturais entre instituições escolares ibéricas e o nosso agrupamento.

PROJETO NEO 

Docente responsável: Teresa Félix 

 

Apoio Plataforma   Sucesso

Resumo do projeto:         

O Projeto NEO Fundão (cujo promotor é o NotaExito) define-se pela realização de tutorias e apoio escolar por videoconferência para alunos, nas disciplinas de Matemática e Português, através de acesso a uma plataforma informática interativa. A maioria dos alunos reside nas zonas rurais do concelho do Fundão onde o acesso e a disponibilização de ferramentas de apoio ao estudo é praticamente inexistente. O Programa de Tutoriais Online está integrado no âmbito do Plano Estratégico de Promoção do Sucesso Escolar/Combate ao Insucesso, da Câmara do Fundão e é apoiado pela CIMBSE, em articulação com as ações inscritas nos planos estratégicos específicos desse território.

Objetivos gerais: Apoiar os alunos e as famílias nas disciplinas de Português e Matemática. Contribuir para o sucesso dos alunos.

PROJETO OFICINA DE LÍNGUA E CULTURA ESPANHOLA: “Palabras a Tu Ritmo”

Docente responsável: Ana Gabriela Baptista

 

Espaço lúdico-didático Comunidade de aprendizagem

 

Resumo do projeto:         

Este projeto contribui para a formação integral dos alunos dotando-os de conhecimentos, capacidades e atitudes em conformidade com o perfil do aluno; contribui para a aquisição, consolidação e ampliação de competências e de conhecimentos; promove a melhoria dos resultados escolares, contribuindo para o sucesso educativo; apoia as necessidades de aprendizagem e de inclusão, auxiliando as práticas pedagógicas na disciplina de espanhol; fomenta a aprendizagem da língua e cultura espanhola e dos países hispano-falantes (música, cinema, arte e património histórico); contribui para a internacionalização e visibilidade do agrupamento no âmbito da União Europeia, com a participação de alunos de Espanhol em projetos europeus, como o ETwinning, comunidade de escolas da Europa.

Objetivos gerais: Conhecer, aperfeiçoar e aprofundar habilidades linguísticas de comunicação e expressão oral da língua espanhola, num contexto de aprendizagem ativa lúdico-didática, com a realização de atividades/ações desenvolvidas quer em espaço escolar, quer em espaço digital.

PROJETO SOU COMO SOU — Autoestima em Meio Escolar

Docente responsável: Rosa Antunes

 

Autoestima Saúde mental  Confiança e bem-estar

 Resumo do projeto:         

Com alguns materiais da formação de 2021, “Programa Eu Confiante da Epis” e outros textos, vídeos, filmes, livros e músicas selecionados para as disciplinas de Português e CDD, levar os alunos a refletir sobre as mensagens veiculadas nos meios de comunicação social (tema de CDD do 8º ano) sobre aparência física, autoestima e autoaceitação e à produção de materiais para divulgar o trabalho realizado nas sessões.

Objetivos gerais: Participar na vida da escola e assunção de responsabilidades de solidariedade e cidadania, desenvolvimento pessoal e bem­estar das crianças e jovens.

 Promover o bem­estar das crianças e jovens.

 Promover o ensino/aprendizagem/avaliação.

Envolver as famílias na vida escolar

PROJETO CES4KIDS — Mobilidades

Docente responsável: Cristina da Cruz

 

Mobilidade  Sustentabilidade   Jovens  Cidades

                                                

Resumo do projeto:         

O Projeto CES4Kids visa ouvir e compreender os hábitos, necessidades e preferências de crianças e jovens no campo da mobilidade, bem como capacitar novas gerações para serem participantes na cocriação da mobilidade. Inclui a criação de material educativo sobre os princípios da mobilidade sustentável para utilização no contexto escolar, a celebração de eventos de divulgação e sensibilização e a organização de atividades dinâmicas de aprendizagem para colocar em prática os conhecimentos adquiridos. Os alunos identificam os pontos fortes e fracos do seu ambiente escolar em termos de mobilidade.

A turma participante neste projeto é a PEAC/TAS21.

 

 

Projeto/Concurso Prémio FAQtos

 

Docente responsável: Cristina Guedes

 

Radiação  Secundário  Saber técnico

 Resumo do projeto:         

O projeto FAQtos, desenvolvido no INOV – INESC/Instituto Superior Técnico vai ao encontro dos objetivos de formação dos alunos do Ensino Secundário, nomeadamente na componente de formação de Cidadania e Desenvolvimento, visando a realização de projetos de natureza transversal e multidisciplinar. Pretende-se estimular competências em várias áreas, designadamente, pensamentos crítico e criativo, raciocínio e resolução de problemas, saber técnico e científico, relacionamento interpessoal, desenvolvimento pessoal e autonomia, saúde e ambiente, linguagens e textos, e informação e comunicação.

No âmbito deste concurso, foram aprovados para desenvolvimento três projetos no nosso agrupamento.

Objetivos gerais: Prémio FAQtos é o de promover um concurso a nível nacional, orientado para os alunos do Ensino Secundário, que contribua para a formação de uma consciência coletiva em matéria de campos eletromagnéticos oriundos de fontes de telecomunicações (banda das radiofrequências), e do seu impacto na sociedade, bem como potenciais efeitos na saúde e ambiente.

PROJETOS DA AGENDA 21 ESCOLAR

 

Docente responsável: Paula Martins

 

 Resumo do projeto:         

Os projetos da Agenda 21 Escolar são promovidos pela CMF e destinam-se aos alunos do 1.º e 2.º ciclo:

Projetos da agenda 21 escolar para 2021/2022:

  • À Descoberta da Água
  • A Minha Horta
  • A Nossa Gardunha!
  • Adote um Amigo
  • Água É Vida
  • Arquitetura Sustentável
  • Comer Bem Dá Saúde e Faz Crescer
  • Compostagem — Reciclar os Alimentos
  • Desperdícios
  • Energia Para Todos
  • Queres Brincar CãoMigo
  • Reduzir e Reutilizar é Que Está a Dar
  • Um Dia com Um Agricultor

Objetivos gerais: Pretende-se consciencializar as crianças, enquanto veículos de comunicação, de como agir em relação ao seu dia a dia, nas mais diversas ações, melhorando a sua atitude e contribuindo para um mundo melhor.

PROJETO PRO HELP

 Docente responsável: Joaquim Guedes

Comunidade   Competências  Profissionais

 

 Resumo do projeto:         

O projeto Pro Help funciona com os alunos de todos os cursos profissionais em funcionamento no AEF. Semanalmente e rotativamente, os alunos irão pôr em prática as suas competências técnicas para apoiar a comunidade escolar na resolução de pequenos problemas, consoante a natureza do curso:

— Apoio na área da eletrónica;

— Apoio na área da informática;

— Apoio na área social;

— Apoio ao nível dos serviços jurídicos;

— Apoio ao nível da realização de análises;

— Apoio ao nível de pequenos cuidados de saúde.

Objetivos gerais: Pretende-se desenvolver competências nos alunos relacionadas com as áreas tecnológicas dos diferentes cursos profissionais em funcionamento no AEF.

PROJETO CIENTISTA REGRESSA À ESCOLA 

 Docente responsável: José Rafael Sebastião

Native Scientist   Escola  Ciência   

Educação circular 

 

 Resumo do projeto:         

Programa de enriquecimento curricular que dá às alunas e alunos, do 4.º ano de escolaridade a oportunidade, única e inesquecível para muitas/os de conhecerem e interagirem de perto, durante um dia, com um/uma cientista nas suas escolas.

Objetivos gerais: Aprender, de uma forma vivida, novos conceitos e vocabulário através da interação direta com um profissional das ciências.

CONCURSO DE FOTOGRAFIA

Docente responsável: José Luís Oliveira.

 

Fotografia    Comunidade escolar    Olhar pela objetiva

 

Resumo do projeto: Promove anualmente, e ao longo do ano, diversas iniciativas com vista à sensibilização da comunidade educativa do Fundão e de Trancoso, para diversas temáticas, “olhadas” pela objetiva de uma câmara fotográfica.

Objetivos gerais: Promover, através da fotografia, parceria entre o AEF e o AE Trancoso. Estimular a comunidade educativa a captar o meio que os rodeia através da câmara fotográfica.

 

 

PROJETO DEPOSITRÃO

Docente responsável: Célia Freitas

 

REE RPA Escola

 

Resumo do projeto:         

O projeto Geração Depositrão resulta de diversas campanhas levadas a cabo pela ERP Portugal junto da população escolar, desde 2007.

As escolas representam um papel muito importante na informação, formação e educação dos adultos de amanhã, excelentes e eficazes prescritores e influenciadores do comportamento dos adultos de hoje.

A implementação do projeto em meio escolar contribui para estes objetivos.

Objetivos gerais: O projecto Geração Depositrão tem como principal objetivo introduzir o tema dos REEE e RP&A no programa escolar.

“Conta-me uma História”

Docente responsável: Estela Pais

 

Partilhar Motivar Interagir 

Tansdisciplinaridade

Escola Aberta

 

Resumo do projeto:         

Contar histórias com o intuito de desenvolver o gosto pela leitura e escrita a partir de histórias recolhidas por alunos, pais, avós, professores e partilhá-las na escola (podendo qualquer um dos interlocutores ser o contador da história). Poderão ser usadas histórias do PNL. A exploração das histórias poderá originar, fichas de leitura, dramatizações, teatros…

Objetivos gerais: Colmatar algumas dificuldades de leitura, escrita, interpretação e melhorar a criatividade. Motivar para a aplicação do Plano Nacional de Educação Literária.

   
   
   
   
   
   

Procedimentos Concursais  

   

OFERTA FORMATIVA 2021-2022  

   

Dias de Escola  

   

Manuais Escolares 2021/2022  

LISTA DE MANUAIS ADOTADOS

1º ciclo

2º ciclo 

3º ciclo 

Secundário

   

informação...  

   
   

projetos financiados pela União Europeia  

   

importante....